Topo
Um Passarinho Me Contou

Um Passarinho Me Contou

Categorias

Histórico

Tags invertidas: veja como voltar estratégia do adversário contra ele mesmo

Denise Tremura

10/09/2019 04h00

A atitude do Felipe Neto em desafiar a censura do Crivella continua dando o que falar. Após receber o apoio de personalidades importantes no Twitter, como Paulo Coelho e Walcyr Carrasco, o youtuber foi vítima de um grupo de conservadores que subiu a hashtag #PaisContraFelipeNeto visando um boicote ao canal protagonizado por ele.

A tentativa fracassou, tanto quanto a censura do Crivella: apoiadores do Felipe Neto usaram a tag para demonstrar apoio e youtuber; entre os tuítes de destaque, apenas aparecem elogios pela atitude dele e críticas a quem se prestou ao papel de subir uma tag no Twitter pra criticar uma atitude nobre como distribuir livros.

Parece que não deu muito certo a tentativa de desmerecer o youtuber. Os tuiteiros, quando se engajam, conseguem reverter completamente o sentido da tag. Quem nunca entrou na tag do adversário político pra criticar seus feitos? Vale a pena entrar em um assunto pra falar o contrário do que se espera ou isso só ajuda a divulgar? E vocês? Usam as tags para dar uma invertida no assunto também?

Eu, particularmente, gosto de dar a minha opinião sobre qualquer assunto. Mesmo quando o tema não me agrada ou claramente é o oposto do que eu penso, não perco a oportunidade de dar uma debochada ou ironizada nas hashtags das inimigas. Afinal, a rede social foi feita pra gente se expressar mesmo e se envolver em uma treta de vez em quando na web não faz mal a ninguém.

Sobre a Autora

Denise Tremura estudou Letras, é escritora, blogueira, leitora, twitteira, youtuber, palpiteira, web influencer engajada nas redes sociais e sempre atenta ao que vira tendência.

Sobre o Blog

O que acontece nas redes sociais, principalmente no Twitter. Um bate-papo sobre tecnologia, linguagem, algoritmo, engajamento, conteúdo, memes e tudo o mais que vai parar nos trending topics.