Topo
Um Passarinho Me Contou

Um Passarinho Me Contou

O melhor do Brasil é o brasileiro, e o povo limpando óleo no NE prova isso

Denise Tremura

22/10/2019 04h00

Crédito: Instituto Biota de Conservação

Um desastre ambiental sem precedentes atingiu um dos maiores patrimônios naturais do Brasil: o litoral nordestino. As belas praias do Nordeste foram atingidas por manchas de óleo de origem desconhecida, contaminando água e areia, atingindo animais marinhos e provocando um colapso ambiental. Antes mesmo da imprensa divulgar o acidente, o assunto já tomava conta das redes sociais.

Os internautas começaram a se mobilizar em divulgar imagens da tragédia

Os tuiteiros também usaram a plataforma para cobrar das autoridades ações contra o acidente e para se engajar no objetivo de resolver o problema, diante da inércia do poder público.

Houve muitas críticas ao governo federal, que desativou o comitê de contenção de acidentes com óleo e ficou procurando culpados ao invés de elaborar um plano de ação.

Mas o povo do Nordeste colocou as mãos na massa e fez mutirão de trabalho pra retirar o óleo das praias. Fazendo mais que o poder público, mostrou a união e força do povo brasileiro, sobretudo o nordestino.

Com equipamentos de segurança improvisados e condições de trabalho precárias, a população local de várias praias enfrentou a sujeira de origem (até agora) desconhecida –mas de estragos visíveis– e se dispôs a limpar o derramamento de óleo na medida do possível.

Imagens chocantes de animais em sofrimento por causa do contato com o petróleo cru, que se parece com um piche, também viralizaram na web.

E fez com que pessoas e prefeituras locais se mobilizassem para minimizar os estragos das inúmeras manchas de óleo que se espalharam por todo o litoral nordestino, divulgando comunicados, convocação de voluntários, telefones de auxílio aos animais contaminados. É a internet mais uma vez cumprindo um importante papel social junto à comunidade.

O popular youtuber Whindersson Nunes, nordestino nascido no Piauí, se pronunciou sobre o desastre:

E o Bahia Esporte Clube encontrou uma forma bem autêntica de protestar: jogou com a camisa suja de óleo para lembrar aos torcedores e cobrar das autoridades que ainda temos muita sujeira pra limpar.

E em meio a esse caos, uma boa notícia. Pesquisadores da Universidade Federal da Bahia conseguiram transformar o óleo recolhido em carvão. Além de limpar a praia, já garante o churras do final de semana. O brasileiro é muito foda.

Apesar de o desastre causar perdas de proporções inimagináveis, a adversidade uniu o povo brasileiro em torno de um objetivo comum: ajudar esse pedacinho lindo do planeta a se recuperar dos danos causados pela incompetência humana em gerir seus recursos naturais. E mostrou que o governo precisa mais do povo do que o povo do governo.

Sobre a Autora

Denise Tremura estudou Letras, é escritora, blogueira, leitora, twitteira, youtuber, palpiteira, web influencer engajada nas redes sociais e sempre atenta ao que vira tendência.

Sobre o Blog

O que acontece nas redes sociais, principalmente no Twitter. Um bate-papo sobre tecnologia, linguagem, algoritmo, engajamento, conteúdo, memes e tudo o mais que vai parar nos trending topics.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Um Passarinho Me Contou